NEWS.

NOTÍCIAS DA JAGUAR

Gasolina

Tudo o que você precisa saber sobre gasolina comum e premium

Se você utiliza o carro no meio urbano, para curtos deslocamentos, não há dúvida: um motor a gasolina é a melhor opção para você. No entanto, mesmo sendo o mais comum no Brasil, ainda há muita dúvida sobre esse tipo de combustível, especialmente ligado à sua qualidade.

Tudo sobre gasolina

Tire agora suas dúvidas sobre a gasolina:

Quais as gasolinas comercializadas no Brasil?

Existem dois tipos: A primeira é a Comum, que possui octanagem mínima de 87 IAD e é o combustível bruto, que vem direto das refinarias, acrescido de 25% de etanol anidro. Já a segunda é a Premium, que possui octanagem mínima de 91 IAD, também tem os 25% de etanol anidro e vem com alguns aditivos.

Embora muita gente ache que a gasolina aditivada é um terceiro tipo, na verdade, ela nada mais é do que a comum, porém com aditivos que ajudam na limpeza do motor. Não há um padrão em relação aos componentes desses aditivos e, portanto, cada fábrica usa fórmulas específicas.

Por que é adicionado etanol à gasolina?

Por ser um tipo de combustível renovável, o etanol anidro é mais benéfico ao meio ambiente. Isso porque ele passou a ser utilizado em substituição ao Chumbo Tetraetila, substância química tóxica e poluente. A manutenção do preço da gasolina que chega ao consumidor final também é uma das vantagens do uso do etanol, uma vez que ele é produzido pelas usinas de cana-de-açúcar e seu valor tende a ser mais baixo.

É permitido misturar gasolina comum à aditivada?

Sim. O motor não é prejudicado com essa mistura. No entanto, o que pode ocorrer é uma diluição dos aditivos e assim não seja feita a limpeza do motor, que é a função dessas substâncias.

O que é gasolina com teor de enxofre ultrabaixo?

Antes, tanto a gasolina comum, quanto a premium, tinha até 800 mg/kg ou ppm (partes por milhão) de enxofre. Desde 2013, no entanto, esse teor foi reduzido para, no máximo, 50 mg/kg ou ppm. Esse baixo teor, que segue o padrão de países da Europa, reduziu a emissão de enxofre na atmosfera em 94% e a emissão de poluentes, em até 59%, o que resulta em uma melhora da qualidade do ar.

A gasolina aditivada aumenta a potência do carro?

Não. Isso é um mito. Nenhuma gasolina por si só tem o poder de aumentar a potência do motor. O que ocorre é que ela colabora para evitar a sua redução, uma vez que ela limpa o motor e impede que haja formação de depósitos que prejudicam a combustão.

O aditivo complementar é a mesma coisa que gasolina aditivada?

Não. Alguns postos de combustíveis costumam oferecer o aditivo complementar, no entanto, esse não é um bom recurso. Isso porque eles são acrescidos no tanque sem serem testados, sem estudo da proporção ideal entre o aditivo e a gasolina. Por isso, o certo é comprar a gasolina aditivada.

Quais os significados das cores da gasolina?

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a coloração da gasolina comum, assim como da premium, pode variar de incolor a amarelada. Isso não tem a ver com a qualidade do produto e sim com o processo de refino e com sua composição química.

Você, provavelmente, já pode ter visto gasolina aditivada verde. O que acontece é que algumas fabricantes costumam usar corantes nela, para diferenciá-la da comum. No entanto, em nada essa coloração afeta em sua qualidade.

Desde 2007, a ANP determinou que o consumidor pode solicitar um teste no posto de combustível, caso desconfie da cor ou qualidade da gasolina. O exame realizado na mesma hora pelo frentista aponta se o produto contém um nível de etanol anidro além do permitido por lei.