NEWS.

NOTÍCIAS DA JAGUAR

Elegância, velocidade e luxo: os carros da Jaguar nos anos 40, 50 e 60

Muito antes de surgir o versátil E-PACE, a Jaguar já desenhava e produzia carros elegantes. Aliás, até mesmo antes da empresa se chamar Jaguar Cars, veículos que chamavam a atenção já eram feitos. Foi na década de 40 que a empresa começou a se popularizar, com a montadora ficando famosa pelos carros velozes, mas especialmente estilosos.

Um sonho de consumo que encantou a realeza britânica e fãs de máquinas com alta performance, mas sem deixar a beleza de lado. Relembre dos carros clássicos feitos pela Jaguar entre a década de 40 e 60 -- e entenda de onde vem tanta elegância.


Carros clássicos de Jaguar

Jaguar XK120

Período: 1948 a 1954

Velocidade. O Jaguar XK120 foi produzido na década de 40 para os amantes de velocidade. Tanto que o carro constantemente participava de corridas. Sem deixar a beleza de lado, o veículo foi quebrando recorde atrás de recorde, chegando a ultrapassar 277 km/h em uma pista fechada. Foram mais de 12 mil unidades vendidas.


O Jaguar XK120 era um dos carros mais rápidos da época.

Jaguar D-TYPE

Período: 1954 a 1957

Outro carro esportivo que merece menção na lista mesmo tendo como foco principal a corrida. Foram apenas três anos de produção do D-TYPE, mas foi suficiente para marcar a indústria. O carro foi para poucos: a produção inclui 18 carros de equipes de corrida e 53 para consumidores.

A grande revolução do carro foi a estrutura: o design era inédito para a época. Por ser raro, o veículo hoje é vendido por valores astronômicos. O modelo de 1955, por exemplo, chegou a US$ 19 milhões em um leilão.


O design único do D-TYPE chamava a atenção.

Jaguar Mark 2

Período: de 1959 a 1969

Quem desfilava com um Jaguar Mark 2 durante a década de 60 tinha o que mais de luxuoso existia na época. O desenho único e o grande conforto davam o tom do veículo, que ainda teve outras versões produzidas. As linhas do carro foram tão icônicas que serviram de inspiração para veículos como o S-TYPE, produzido em 1999.


Clássico: o Mark 2 transpirava elegância e sofisticação.

Jaguar E-TYPE

Período: entre 1961 e 1975

O E-TYPE virou um símbolo da Jaguar. Foram mais de 70 mil unidades vendidas para esta veloz máquina. O E-TYPE chega a 241 km/h como velocidade máxima, além de chegar a 100 quilômetros por hora em menos de sete segundos.

Foram vendidas três versões do carro: a Series 1 (entre 1961 e 1968), Series 2 (entre 1968 e 1971) e Series 3 (de 1971 a 1975). Um dos carros queridinhos dos colecionadores, um E-TYPE original foi vendido em 2014 por incríveis US$ 528 mil.


O Jaguar E-TYPE virou um clássico -- até hoje é um dos mais icônicos carros.

Sovereign

Período: de 1966 a 1969

Na década de 60, a Jaguar decidiu dar nome a linha de carros luxuosos dela: Daimler Sovereign. Em 20 anos, a montadora criou diversos modelos que tinham design impecável, tornando-se sonho de consumo de quem prezava por luxo.

O primeiro Sovereign foi uma versão baseada no Jaguar 420. A grande diferença é que a linha Daimler era menos esportiva do que a Jaguar -- tornando esses carros ótimos veículos de passeio.