Skip primary navigation
skip.tertiary.navigation
  1. RELATÓRIO DA PROVA
    PARIS 20.05.2017

    Panasonic Jaguar Racing faz a trinca no eprix de paris

    • Com Mitch Evans em nono e Adam Carroll em 15º, a equipe Panasonic Jaguar Racing marcou pontos pela terceira vez consecutiva. Na metade da temporada, a equipe já ocupa o oitavo lugar na classificação geral.

      Correndo no histórico complexo de Les Invalides, os participantes do ePrix de Paris enfrentaram incidentes que desafiaram a equipe a adaptar sua estratégia de corrida. Quando uma batida na 16ª volta levou à bandeira amarela em todo o circuito, Mitch e Adam fizeram seus pit stops mais cedo para tirar vantagem do momento em que os carros estavam lentos na pista.

      A estratégia fez Carroll retornar em 15º, mas o piloto foi punido com um “drive-trough” por completar seu pit stop menos de um segundo abaixo do tempo mínimo.

      Assista a todos os destaques da última etapa da Fórmula E, disputada em Paris.

      Mitch Evans, segundo no seu grupo de classificação, foi para o seu pit stop em oitavo lugar, mas um pequeno problema no seu segundo carro tirou-lhe posições. Numa corrida de recuperação, Evans cruzou a linha de chegada em nono, chegando à zona de pontos pela terceira vez consecutiva logo na sua temporada de estreia.

      James Barclay, Diretor da Equipe Panasonic Jaguar Racing: "Este é um circuito muito complicado, mas ambos os carros conseguiram terminar e nós saímos com um resultado merecido. Em última análise, os Jaguar I-TYPE e a equipe estão fazendo um grande progresso e provando ter um ritmo de corrida competitivo."

      Mitch Evans, nº 20: “A corrida de hoje foi desafiante para todos os pilotos, mas ao longo do dia eu fui me familiarizando e, felizmente, fiquei numa posição competitiva no meu grupo de classificação. A equipe tomou a decisão correta de fazer o pit stop com a bandeira amarela, mas tivemos um pequeno problema que me fez perder tempo ao sair do boxe."

      Adam Carroll, nº 47: "É muito bom ver a equipe pontuar novamente. Mitch e eu conseguimos nos preservar e a equipe tirou vantagem da bandeira amarela. A penalidade foi um azar, mas nós aceitamos, e estamos ansiosos pelas próximas duas corridas."

      Agora, a Panasonic Jaguar Racing volta-se para a Alemanha, para a corrida final da etapa europeia e a primeira de três corridas duplas consecutivas.