Skip primary navigation
skip.tertiary.navigation
  1. RELATÓRIO DA PROVA
    MARRAQUEXE - 12/11/16

    Na segunda prova da Panasonic Jaguar Racing no Campeonato ambos os pilotos terminaram com sucesso a prova mais longa de sempre na história da série.

    • Após 33 voltas e um total de 98 km, Adam Carroll e Mitch Evans cruzaram a meta na 14.ª e 17.ª posição, respetivamente, numa corrida que teve lugar no coração do centro histórico de Marraquexe.

      Os dois pilotos da Panasonic Jaguar Racing pararam nas boxes na 18ª volta, uma volta após muitas das outras equipas, graças a uma gestão de energia eficiente por parte da equipa. Embora Mitch Evans tenha entrado primeiro nas boxes, foi Adam Carroll que saiu à frente, após uma emocionante troca de carros.

      O circuito apresentou vários desafios aos pilotos. Na sequência de um bloqueio das rodas na sua volta de qualificação, Adam Carroll começou a corrida na 20.ª posição, mas uma gestão de energia positiva, uma paragem rápida nas boxes e um excelente desempenho na corrida permitiram-lhe subir seis posições e terminar na 14.ª posição. No final da prova, disse, "A equipa está a melhorar a cada sessão. Agora que vamos entrar num período de pausa, temos muitos bons ensinamentos para implementar para a próxima prova, em Buenos Aires."

      Watch all the highlights from the longest ever Formula E race held at Marrakesh’s Circuit International Automobile Moulay El Hassan

      A corrida de Mitch Evans ficou comprometida quando outro piloto colidiu contra ele, fazendo-o perder a sua posição. "Felizmente, consegui recuperar algumas posições antes de raspar no muro perto do final da prova, após um bloqueio de rodas quando estava a tentar poupar alguma energia. O principal é que agora temos novos dados para analisar e digerir no período até à próxima corrida", afirmou.

      James Barclay, Diretor de Equipa da Panasonic Jaguar Racing, concordou que há muitos pontos positivos a retirar desta prova. "Em última instância, não maximizámos o nosso potencial na qualificação, mas sabemos que temos um carro mais veloz do que os tempos demonstraram. Não tivemos quaisquer problemas a nível de fiabilidade durante o fim de semana, o que é reconfortante para a nossa nova equipa, e estamos a subir lugares na grelha de partida. Além disso, já introduzimos algumas melhorias nas operações da equipa com base na experiência adquirida em Hong Kong, o que é positivo para toda a equipa da Panasonic Jaguar Racing."